Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

E já está...

Ontem já fui inscrever-me numa formaçãozinha!

Quando lá cheguei, depois de muito andar às voltas, lá pedi a ficha de inscrição. Paguei o imposto de selo e vim-me embora descansada! Agora é só aguardar que me chamem...

 

Estou a sufocar de trabalho, entre preencher papelada, fotócópias... corrida para as finanças, emissão de apólices novas... Enfim, uma correria só! Pena que daqui a uns 15 dias isto abrande e eu fique aqui a olhar para o tecto! O trabalho bem que podia ser mais distribuido!  Ao menos as senhoras da repartição de finanças podiam ser mais simpáticas!! Ou nem precisavam, bastava não serem tão antipáticos!!!

Entre risos estridentes dirigidos aos velhinhos que não sabem preencher os formulários de IRS, gritos às pessoas que se enganam nalguma coisa, ou a arrogância com que falam quando se lhes pede uma informação... chiça!!! Raio de gente!

Será que não sabem que estão a fazer um serviço publico e que é aquela gente toda que eles tratam mal e com arrogância que lhes paga o ordenado?!?!

 

Fiquei mesmo chateada quando a Sra que me atendeu hoje me disse que os papeis que eu tinha entregue estavam todos mal preenchidos, que tinha que voltar p'ra trás, quando na realidade era apenas um campozinho em que faltava um visto!!!!

 

 

E é mesmo p'ra ser...

Estive a pensar... E tem mesmo que ser! Existem algumas coisas que têm mesmo que ser feitas e então resolvi fazer uma lista de todas elas...

 

O tempo passa e nós vamos adiando, quando damos por nós, mais um tempo que passou e nós não fizemos nada daquilo a que nos fomos propondo, por isso cá vai:

  • Ler mais! (ando com peguiça, e falta de tempo também, mas posso sempre fazer um esforço... nem que seja um livro pequenino!! dantes comia os livros, lia-os de uma assentada!)
  • Fazer exercicio! (a bem da saúde, senão o ortopediasta ralha... hehehe)
  • Passear mais! (aproveito as horas de almoço, tenho a praia aqui a 100 metros... não tenho desculpa para ficar enfornada em casa!!)
  • Abrir a minha poupança! (esta tem mesmo que ser...)
  • Estudar! (fazer formações, workshops... enfim, actualizar-me!!)

E pronto! Estes são os mais importantes... É óbvio que vou tentar fazer outras coisas, aquelas mais pequeninas que têm que ser feitas todos os dias, mas que muitas vezes deixamos p'ra trás... Pois!!

O que eu tenho...

(imagem retirada da internet)

 

Hei...! Eu estou aqui!

Sei que não é fácil e sei que tudo o que eu te diga vai parecer despropositado, absurdo... mas sinceramente eu já não posso fazer mais nada para te ajudar. Já te dei o que tinha... agora só me tenho a mim... mas isso já sabes que será sempre teu... Tenho palavras e dois braços que te estendo todos os dias. Dois braços que embora frágeis, estão sempre abertos a ti, e por ti terão sempre muita força!

Tenho sorrisos guardados nos olhos que se soltam quando te vejo chegar... Nos pés tenho todos os caminhos gravados para chegar a ti... Tenho nas mãos laços que fui criando desde que te conheci, laços de seda, de desejo, de amor... laços bordados com beijos, carícias e calor... Laços que quero usar para atar as tuas mãos às minhas, bem juntas com nós cegos, bem apertados...

Tenho na cabeça viagens e histórias que ainda não vivi... que ainda não vivemos, tenho no coração sonhos e fantasias que só tu saberás realizar...

E no corpo meu amor?

Tenho a satisfação de ser amada por ti... Porque na minha vida... te tenho a ti...

Não podia deixar de ser...

Não podia deixar de falar do dia que hoje se comemora... O dia de S. Valentim!!!

Muitos dizem (e com toda a razão!) que este dia é um hino ao comércio e não ao amor, que muitos casais deveriam lembrar-se de o comemorar o dia de hoje todos os dias e não apenas a 14 Fev... Concordo com tudo isto e também penso assim...

Mas diga-se o que se disser, é impossível ficarmos indiferentes quer estajamos ou não comprometidos...

 

Este ano como nos dois ultimos anos que passaram, vou passa-lo com o namorado... Mas também já o passei sozinha!! Ufff... Comemorava-o, quer sozinha quer com uma amiga... Lembro-me do ano da morte da irmã Lucia, em que passamos o dia de S. Valentim a comer hamburguéres numa qualquer roullote equanto passavam na tv imagens sobre o funeral da mesma, lol... Estava com a Karen e o namorado dela... Foi diferente, foi bom... Volta e meia recordo-me destes momentos...

Quando estava sozinha, acordava bem disposta... atirava pragas a todos os casais que visse na rua (por pura brincadeira...) vestia-me bem, saía e presenteava-me!!!

 

Quem fez deste dia um dia de comércio, fomos nós e cada um escolhe como o comemora...

Eu vou jantar... passear, como o faço todos os dias quando saio com o P.

 

(Só para que saibam, hoje também é dia internacional da disfunção eréctil... )