Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

E já está!!!

E hoje é o meu ultimo dia útil de trabalho! (Sim, porque amanhã de manhã ainda venho trabalhar. Digam lá se eu não sou uma querida?!)

Ora, o que se passou foi o seguinte: O meu futuro ex patrão não pode (diz ele) dispensar-me este mês porque tem uma viagem marcada!

Compreendi a situação e apresentei mil e uma formas de o ajudar a resolver a questão. Não aceitou nenhuma dizendo que já tinha a viagem marcada desde Março (exactamente o mês em que ele começou a dizer que não podia manter cá a funcionária... irónico não?!).

Respondi que não sabia de viagem nenhuma porque ele não me tinha dito nada! Ora, se ele me diz que não me pode ter cá a trabalhar. Se eu lhe digo que sendo assim teria que começar a procurar trabalho noutro lado, não seria normal e até NOBRE da parte dele dizer-me que em Junho teria uma viagem marcada para tentarmos conciliar as coisas??

Pois, mas ele não pensa assim e responde-me qualquer coisa do género: ''Não te disse nada porque não tens nada a ver com a minha vida!'' Ora, ainda bem que ele me fala assim, facilita-me muito as coisas... porque sendo dessa forma, então também não tenho nada a ver com a viagem!!! Pumbas!!!

Mas não ficou por aqui... ele foi falar com o meu novo patrão (eles conhecem-se) e foi-lhe pedir para adiar num mês a minha admissão apresentando justificações atrás de justificações fazendo com que eu me arriscasse a perder a oportunidade! Epá... passei-me! Disse-lhe que não aceitava nenhum acordo, e avisei o patrão novo que ia começar no dia 1 como tinha ficado combinado!

Dia 1, ou seja na próxima segunda-feira irei começar no meu novo emprego! Rejubilemos então... Isso... ok, já chega! Não.. já chega a sério... Menos minha gente!!! Ok, pronto!

 

By the way... faço anos daqui a um mesito, mais concretamente no próximo dia 2 de Julho, pelo que solicito que deixem os vossos contactos nos comentários para vos enviar a direcção para onde podem mandar as vossas prendinhas sim??

 

Ficamos combinados então!

Pág. 1/5