Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

P'la minha saudinha...

Um estudo realizado na Alemanha descobriu que olhar para homens atléticos durante 10 minutos por dia equivale a 1/2 hora de exercícios aeróbicos. 
Num curto espaço de tempo com este tipo de sessão terapêutica, as defesas aumentam, diminui a pressão sanguínea e melhora a circulação.

Como consequência adquire-se um aspecto mais rejuvenescido [excerto de um mail recebido].

 

 

 

Oh - My - God

Acabou de sair daqui um dos clientes com os quais até hoje só tinha falado por telefone.

É só o homem mais bonito que eu já vi... E não, não estou mesmo a exagerar nada. Acreditem em mim.

Estive a um dedo mindinho de inventar um fanico qualquer a ver se ele me amparava... só que depois caí em mim e e deixei as parvoíces de lado. Gaguejei só um bocadinho (acho que não se notou mesmo nada) e pronto. Sorriso de orelha a orelha (epá, foi sem querer, não conseguia deixar de mostrar os dentes), aperto de mão (ai Jesus!) e um até amanhã.

Amanhã portanto, passa cá de novo... não sei se o meu coraçãozinho aguenta! Não sei não...

Agora que o meu Javierzito me abandonou e me trocou pela estupida da Penélope, está mais do que na hora de eu preencher de novo mi corazón.

Saudade

E depois existem aqueles dias em que a saudade aperta, o coração fica pequenino e sentimos aquele cheiro familiar de novo. O teu cheiro. E quase que senti, juro, o teu colo quando pousei à noite a cabeça na almofada.

 

''Apesar das ruínas da Morte,
onde sempre acabou cada ilusão,
A força dos teus sonhos é tão forte,
que tudo nasce a exaltação
E nunca as minhas mãos ficam vazias.''
 
Sophia de Mello Breyner Andersen

Contraluz

Vi-o este fim de semana.

Longe de ser uma grande produção, um filme todo life changing como muitos o vendem, o filme é antes de mais, um grande filme Nacional. Uma produção muito bem conseguida. Com cenários e efeitos visuais também muito bem alcançados e a prova de que a minha admiração por Fragata desde o Pesadelo cor de Rosa tinha uma razão de ser.

Dramático, cativante e emotivo sem cair no melodrama e na demagogia dengonsa... Gostei da mensagem, dos pormenores, do enredo, das personagens... E a Evelina Pereira que me surpreendeu... é linda!

 

 

 

 

Pág. 1/3