Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

31 Agosto

Ultimo dia do mês que me parece sempre o mais longo do ano. E o que piores recordações me trás. Mas é também o dia que antecede o primeiro do mês que eu considero sempre o mais retemperador do ano. E em 2012 calha logo a uma 6ªfeira! Tão bom!

Gosto de Setembro. Gosto do cheiro do mar em Setembro que me parece sempre diferente dos restantes meses, da calmaria das praias nesta altura, do por do sol que também ganha uma cor diferente, da sensação de inicio de um novo ciclo que se inicia, depois do festim que foi Agosto (resquicios da vida de estudante). Mesmo que eu raramente tire ferias em Agosto!! 

Este ano em meados de Setembro tirei os restantes dias de férias que tinha a gozar. Vou sorver cada pedacinho desses dias do meu mês preferido do ano, mesmo estando por aqui. Vou por os pés na areia, respirar aquele ar com cheirinho a mar e recarregar baterias e fazer caminhadas.

Porque sim, este ano damos re-inicio a projectos antigos que se transformam em novos projectos!! Com toda a força!

Mas para já, vou aproveitar o primeiro fim de semana de Setembro! Com banhos de sol e mergulhos no mar pelo meio!

Bom fim de semana! :)

 

 

 

 



Life life

Enquanto escrevia o post anterior, dei conta como tantas vezes me foco só no que é mau. No cansaço ao fim de um dia ou de uma semana. No trabalho que ficou por fazer por falta de mais tempo, nas coisas que não posso ter, no mês que teima em não acabar quando o ordenado já acabou há muito... nas contas e contratempos que não param e surgem sempre fazendo com que vários projectos e ''quereres'' acabem adiados...

Assim é fácil o desânimo, a desmotivação, a frustração e a tristeza instalarem-se! Não há bom humor ou optimismo que prevaleça!

Por outro lado, noto que nos esquecemos quase sempre de agradecer e gozar a parte boa dos nossos dias. Porque a há sempre!

Mas no outro dia enquanto resmungava sobre o que escrevi acima, a pessoa do outro lado, quase sem querer mostrou-me o reverso da moeda: ''Se não tens dinheiro para o que queres é porque assumiste e cumpriste os teus compromissos. Tens outras coisas às quais te propuseste!'' E isto é tão verdade!

''Não tiveste tempo para fazer aquilo porque foste fazer outras coisa e acabaste outros trabalhos! Deste resposta ao que te pediram hoje não foi?!'' Mais uma verdade!

No outro dia a falta de tempo obrigou-me a parar numa esplanada para comer nada mais que uma sandes! E que bem que se estava naquele lugar com aquele sol fantástico, até sandes soube melhor que a simples sandes que era! 

E basicamente é isto: Tenho que parar de me queixar tanto...

 

:)

Summer lunch

 

Nos dias de sol que se sentiram durante a ultima semana, apesar das correrias, do muito trabalho e da falta de tempo para tudo, até para almoçar, descobri que é sempre possível encontrar momentos bons, retemperadores em que se nos escapa um sorriso, mesmo que ténue e quase 'sem querer'.

Um almoço em jeito de 'mais simples impossível' em 30 minutos, numa esplanada fantástica fez com que os dias da semana anterior parececem um pouco menos corridos. E fez também com que eu percebesse como são sempre as coisas simples que nos fazem mais felizes :)

Os Mercenários 2

Ontem foi dia de nostalgia. De matar saudades dos serões no sofá a ver o Stallone com o meu irmão. Ou o Chuck Norris com a minha mãe.

Não, não é um grande filme. Não tem uma grande história nem actores merecedores de um óscar ou globo. Mas cinema ambém serve para entreter segundo li em muitos blogs sobre o filme O Sexo e a cidade.

Há quem se entretenha com sapatos, eu prefiro musculos e tiros, vá-se lá saber.

Pequenas considerações particulares (sorry about the spoilers):

 - Continuo a achar que um qualquer Alexandre Frota tem mais classe que o Van Dame.

 - Foi giro ver o Rocky de punho em riste de novo (mesmo sendo contra os pontapés no ar do Van Dame).

 - Nunca pensei achar o Silvester Stallone sexy depois dos 60 (nem antes a bem da verdade!)

 - O Chuck Norris é fofinho

 - Faltou o Swarzeneger dizer ''Hasta la vista, baby'' no final quando se despediu. Senti mesmo falta disto pá!

 - E o Steven Seagel pá??? Um filme destes sem o Seagel é como a Selecção sem Moutinho!!

 

 

Friday mood

Em relação ao post abaixo, já enjoo ver vestidos. Logo eu que gosto taaaaanto de vestidos. 

Confesso que o que dificulta é a minha forretice para a coisa. Custa-me gastar dinheiro em algo que sei que à partida só usarei uma vez, logo quero encontrar algo que preencha os 3 critérios mágicos de bom, bonito e barato e de preferência que seja usável noutras ocasiões. 

E parece que com uns ajustes a coisa vai lá... 

 

Adiante, esta semana passou rapido ou foi só impressão minha?

Muito trabalhosa e pouco gratificante... isto porque foram surgindo tantos afazeres que aqueles a que eu já me tinha proposto inicialmente foram constantemente adiados. E como eu detesto esta sensação de frustração.

Mas hoje é sexta-feira e vem aí um fim de semana preenchido para descansar e recarregar baterias de forma a preparar-me para uma nova semana que vem aí.

Começamos com um cinema a dois. Uma massagem de relaxamento amanhã (presente marcado desde o aniversário) e ao fim do dia um jantar em casa de amigos especiais - sempre esperando que o S. Pedro colabore, já que a ideia é aproveitar o terraço para o serão. 

A ver vamos...

Dramas femininos

Nunca pensei que encontrar o vestido perfeito para levar a um casório desse tanto trabalho! A sério:

ou é tudo pavoroso com tecidos a lembrar cortinados em rosa chiclete ou tudo demasiado caro para aquilo que estou disposta a pagar. E nem os saldos me safaram!

Oh fogo!

 

Shine

Invariavelmente por esta altura do ano, sinto sempre que tenho que iniciar um projecto novo. Dar uma volta a estes dias repetidos e tão iguais entre eles. Hoje acordei com essa mesma sensação... e mesmo depois do café da praxe ela não passou. Nem na esplanada maravilhosa onde acabei de almoçar... 

 

...

Ainda anda por aí alguém? 

 

Não tenho muito a dizer sobre esta minha ausência... as contrariedades do costume e as alegrias vividas e aproveitadinhas no momento tiraram-me tempo para cá vir e os dissabores pediram algum recolhimento.

As férias, passadas mesmo por aqui nos mesmos lugares de sempre foram óptimas com muita praia, muitos geladinhos e passeios.

Vamos ver se esta vontade de não escrever/ dizer nada me passa e eu posso voltar. É que apesar de tudo se sumir da minha cabeça e da ponta dos dedos quando abro o ecrã para um novo post, confesso que tenho saudades deste espaço.