Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

Olha, afinal sou uma it girl :)

Sim, ultimamente TO-DA a gente elogia o meu cabelo, pergunta qual o tom e onde é que eu fiz as minhas madeixas californianas.

Eu agradeço claro, mas cá entre nós: Eu não tenho madeixas californianas!! Isto é desbotado mesmo!!

É assim, anotem que eu explico: Eu já tive o cabelo de milhentas cores. Do vários tons ruivos, dos mais claros aos mais escuros, os castanhos, passando ainda pelo loiro platinado (siiim, I was a Barbie Girl). Só que ultimamente resolvi deixar de pintar e assumir a minha cor natural. O cabelo, depois de um corte radical mesmo acima dos ombros, que removeu pontas partidas, ressequidas e mais claras, foi crescendo… e se na raíz o tom é meu, do meio do cabelo p’ra baixo, tem ainda vestígios das ultimas pinturas…  

Parece que aquilo que eu achava parolo no meu cabelo (siiiiim, tenho raízes à vista) afinal é o ultimo grito em tendência capilar.

Eduardo Beuté e Marina Cruz que se cuidem?!

2 dias AF

Ando a deixar de viver.

Reparei nisto à pouco… É que tenho de cortar o cabelo, mas vou faze-lo depois das férias. Quero muito ir ao cinema, mas vou nas férias. Há tanto tempo que me apetece o entrecosto saboroso que servem no bairro de pescadores aqui da terra, mas vou lá nas férias. E preciso de ir às compras também, porque tenho a despensa a ficar vazia, mas estou a fazer uma lista para tratar disso com calma nas férias. E tenho umas coisas para limpart e organizar em casa o mais rápido possível porque não quero perder tempo de férias com limpezas…

Resumindo… estes dias ando a preparar-me para fazer tudo nas férias, porque de tão cansada não tenho força para muito mais. E assim como dividiram a história em duas partes, antes e depois do nascimento de Cristo, eu, neste momento, divido a minha vida entre o o antes e o depois das Férias.

...

E queimam-se os últimos cartuchos do Verão. Os dias notam-se mais pequenos, as noites um pouquinho mais frias e eu, ao contrário de anos anteriores, chego a esta altura demasiado cansada, com a pele demasiado pálida e a sensação de que os 3 meses passados ficaram por viver.

Falta-me também a sensação de recomeço, tão própria de Setembro.

Talvez seja pelo facto de ainda não ter ido de férias, de não ter quebrado a rotina e esquecer horários… Por isso a minha ansiedade. A minha ânsia pela quinzena que se aproxima e que vai servir para recarregar baterias e para aproveitar o ninho, que por entre as rotinas do dia a dia e do trabalho se foi preparando, mas que ainda não foi devidamente vivido.

Vou aproveitar o restinho do Verão e dos dias quentes para descansar e fazer coisas de que gosto e que normalmente não se fazem, ou se fazem a correr… Vou quebrar regras e vou ao cinema a meio da tarde. Vou ler e comprar livros novos (não me lembro de quando comprei o ultimo). E vou passear na minha cidade, fazer compras no mercado e sentar-me na esplanada. Vou fazer sestas e estender-me no sofá. Reduzir jantares a petiscos e lanches ajantarados sem rotina.  Porque para mim, isto é que são férias, e são dias assim por que anseio tanto. E é dessa paz e desse descanso que eu preciso, neste momento, não os trocava por nenhuma viagem a qualquer destino paradisíaco.

''bergonhapá''

Hoje vi a Judite em 3 (três!!!) revistas cor de rosa diferentes.

Andava a cirandar na praia a gastar dinheiro em vez de o dar aos pobrezinhos!!

 

Uma vergonha é o que eu vos digo... pfff

 

Toda eu clamo por FÉRIAS!

Ok, estou de rastos minha gente.

Já toda a gente por aqui foi de férias, e eu continuo a contar os dias para ficar sem horários e sem obrigações durante uma quinzena (yey!!).

E se já há uns posts atrás eu reclamava do tempo que faltava, achei agora que era boa ideia adiar as ditas por mais uma semana. E pronto, ainda me faltam mais duas semanas de trabalho antes de eu gozar os meus merecidos dias de dolce fare niente!

E como eu preciso desses dias...