Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Contrastes

Hoje acordei bem disposta, arranjei-me nas calmas para vir trabalhar, planeei mentalmente o meu dia enquanto tomava o pequeno-almoço sentadinha na cozinha e vim trabalhar.

Despachei uma data de assuntos pela manhã até o cliente ligar.

E pronto, descambou logo aí. Porque o sr. além de ser mal educado, queria que eu ''desse um jeito'' ao participar um sinistro que não estaria garantido pela apólice, de forma a que fosse ressarcido do seu prejuízo. Ora, como o Sr. já é conhecido por estes ''jeitinhos'' que vai dando (só nos meses de Julho/ Agosto participou 3 sinistros) respondi que não o faria [não o faria de qualquer forma, mas adiante]. Além de furioso [esta semana já me tinha desligado o telefone na cara depois de proferir uma data de asneiras] e do banzé que armou ao telefone, pediu para falar com o Boss. Passei o telefone e qual não é o meu espanto quando o patrão me conta tudo o que o fulano contou sobre mim.

Felizmente o patrão sabe da situação e conhece o meu trabalho, caso contrário não sei o que seria.

Conversámos e ele lá me descansou.

 

Ao fim da manhã, já quase a chegar a hora de almoço aparece cá outro senhor.

Um sr a quem eu tinha atendido esta semana e que trabalha no duro num negócio por conta própria e depois ainda se entretém ''lá na hortinha!'' como faz questão de dizer contente.

''Olhe menina queria agradecer-lhe a simpatia e trouxe-lhe umas coisinhas lá da terra!''

Entre um molho de espinafres caseiros, umas limas e gindungo para preparar, havia de tudo. Bem caseiro e bem fresquinho e eu já imagino uma sopinha de espinafres daquelas... nhami!!

E pronto, salvaram-me o dia sem querer :)

 

8 comentários

Comentar post