Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Inspira-me

O Sapo pergunta se sinto falta da chuva e do frio, ou se ainda podem esperar mais um bocadinho.

Eu respondo:

Ora depende: Não me importo nada, nadinha que chova. Mas durante a noite pode ser? Evito andar com os pés molhados e o cabelo ensopado e as hortas são regadas na mesma, assim os preços das hortaliças já não aumentam por esse motivo [aumentam por outro qualquer].

Em relação ao frio é que eu dispensava. Sim, eu também gosto de castanhas assadas, de lareiras e mantinhas. Mas na casa onde ainda moro [porque em breve falo-vos do meu mais recente projecto [ou loucura vá] - Angela's home-sweet-home'] não há lareira e eu não posso usar a mantinha no trabalho, que é só o local onde passo a maior parte dos meus dias. Já as castanhas eu como de qualquer forma, portanto...

Além de que o frio causa-me dores no corpinho.

Para ajudar, quando as temperaturas ambientais baixam, eu sou obrigada a enroscar-me em cobertores e edredons quentinhos, o que dificulta muito a terefa de me levantar de manhã, o que faz com que me levante ainda mais mal disposta e rabujenta... a atrasada vá. ''Ah e tal, tou tão bem aqui e vou agora levantar-me para ir lá para fora apanhar frio e chuva e o camandro...'' ? Ou seja: os dias nunca começam bem.

 

Resumindo: Não, não tenho grande vontade que chova ou faça frio e coiso e tal...

 

By the way: O mundo não ia acabar hoje às 15h? Já passam 23 minutos. Ou era às 15h de um fuso horário qualquer que não o nosso? Hummm?

 

7 comentários

Comentar post