Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Whisper

Hoje, uma vez mais senti-me desrepeitada. Senti o meu esforço e o meu trabalho reduzido a nada. Senti-me pequenina.

E se, de há uns tempos para cá eu ia tentando relevar, em nome dos laços que nos unem, hoje fiquei sem chão mais uma vez e cheguei à conclusão de que, se há aqui alguém que me desrepeita e me minimiza, sou eu!

Porque eu não me deveria permitir ouvir as coisas que dizes, não mereço ser julgada por culpas que não tenho e nem quero ou tenho que ficar a sentir um peso que não é só meu e que só me afunda. Porque é assim que me sinto desde à uns tempos... a afundar. E tu nem reparas!

Sim, porque estas coisas todas são feitas por ti de forma tão inconsciente que só me assuta e entristece cada vez mais. É que se ao menos desvalorizasses conscientemente, eu sentia que tinhas notado algum esforço da minha parte, embora o desvalorizasses, mas não! É que nem notas mesmo. As minhas acções e atitudes passam-te mesmo ao lado. E é essa indiferença que dói. Dói mais do que as palavras que me tens vindo a dizer.

E eu vou começar a recusar tudo isto... porque, quer tu queiras, quer não, eu sou-te mais e posso valer-te mais. Se não quiseres ver isso, a escolha será tua, não minha.

 

 

3 comentários

Comentar post