Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

New Mood

Pois que o famigerado teste final até que correu benzinho… saí de lá bem mais leve, com a sensação de missão cumprida e segui o meu rumo.

Ainda havia muita coisa para fazer e muito assunto para tratar, e acho que não vou esquecer tão cedo o meu desespero e aquela conversa ao telefone no meio do metro do Marquês.

As coisas entretanto também já acalmaram mais um pouco e a ajuda que me era tão precisa acabou por aparecer, ainda que vinda de outro lado. Curiosamente [ou não], mais uma vez veio do lado mais desinteressado e por onde os laços de sangue não passam. Veio daqueles que só estão porque querem e não porque assim ditam as normas e as convenções ou a genética. A esses, estou imensamente grata. Guardo-os no coração e espero recuperar forças para aquele abraço tão apertado quanto o aperto que me tiraram do peito.

 

Os dias vão correndo ligeiros, a confiança e a esperança vão aumentando, as coisas vão sendo relativizadas e o ar começa a ficar mais leve. Sei que ainda me esperam turbilhões, sei que muito provavelmente ainda virei aqui escrever que tudo é uma porcaria, que as coisas não correm nada bem e que muitas lágrimas por causa disto ainda vão rolar, mas faz parte. E eu estou cá para as aceitar, e para depois de me permitir cair, como na semana passada, me levantar de novo, arrumar as ideias e o coração e encher-me de força para dar mais uns passos, até chegar ao fim. E eu vou chegar lá.

Confesso que estes dias de sol e calor, e a praia ao fundo da rua, também ajudam muito a levar as coisas com outro mood :)

1 comentário

Comentar post