Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

O James Cameron feriu-me o orgulho...

E epá, isso não se faz!

 

A verdade é que eu não ia muito à missa do Sr. Cameron! E isto desde aquela miséria que foi o Titanic e pior, depois daqueles óscares todos que eu ainda estou sem preceber...

 

E este fim de semana lá levei o sobrinho a ver o Avatar em 3D. Contrariada, mas fui! E ia no caminho a tentar adivinhar os defeitos que ia pôr no filme (sim, eu sou impossível eu sei!)

Nunca gostei de filmes de ficção cientifica, nem de cenas muito futuristas... E estava convencidissima que o Avatar não passava disso! De um festival de efeitos especiais e naves e tré tré tré...

E depois porque levou os Globos de Ouro todos... aqueles que eu queria muito que fossem para Tarantino (e por falar em Tarantino, alguém tem o Pulp Fiction?!).

 

Saí de lá pior e muito mais contrariada do que quando entrei...

Não gosto que me contrariem, sou uma orgulhosa do pior e o Mr. Cameron obrigou-me a dar a mão à palmatória!

Efeitos especiais do melhor, 3D espetacular e tudo e tudo e tudo... O meu sobrinho está a chatear a minha irmã para o levar com ela quando for, já que ele gostou tanto que quer voltar. E eu lá tive que engolir o orgulho todo a seco (já que virei o sumo todo na sala de cinema - desastrada pá!) e voltar para casa num misto de euforia (que foi como o filme me deixou) e de orgulho ferido!

 

Li este fim de semana que um crítico de cinema comparou Avatar a um 'Danças com Lobos' do Séc XXI... e podemos, (na minha opinião claro está), dizer que sim... é mais ou menos isso, mas muito mais mágico!

 

Avatar é isso tudo sim... Isso e muito mais!

7 comentários

Comentar post