Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Ângela, o trambolho!

Hoje acordei com o cabelo tremendamente oleoso (deu-me para experimentar um sérum para pontas secas ontem e pumbas... lindo serviço), o queixo coberto de borbulhas e um olho vermelho por causa da p*ta da lente de contacto... E ainda por cima acordei tarde, porque ando a dormir muito mal e por isso não houve tempo para maquilhagem nem nada do género... ou seja, estou mesmo, mesmo um trambolho dos pequeninos (só tenho 1,60m).

Entrei ao serviço de cabelo bem preso e óculos, disse 'bom dia' baixinho, sentei-me na secretária e vai de marcar com cabeleireiro e esteticista à hora do almoço...

 

É que eu não vos contei, mas aconteceu uma coisa muito boa aqui no emprego da Ângela e apesar de não haver ainda nada de muito concreto, pode significar muito para ela... e depois do almoço ia haver uma reunião para se falar dessas coisas que me podem ser muito, muito boas... e eu até queria estar um bocadinho mais confiante e tudo... mas os vulcões do meu queixo impedem-me!

 

Agora a pergunta: Porque é que nos dias mais importantes para nós, aqueles em que nos devemos sentir bem, é que estas coisas resolvem acontecer?

16 comentários

Comentar post