Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

Mais uma moedinha, mais uma voltinha...

A minha vida nos últimos meses parece um carrocel. Cheia de altos e baixos, muitos sobressaltos, luzes e ruido.

Só que mesmo não tendo a moedinha, eu dou sempre mais uma voltinha. É um carrocel dos bons portanto.

Mas já me dava jeito que o dito abrandasse e me deixasse descer. A sério, não quero brincar mais.

O dia e o brinde

O dia de aniversário correu bem. Foi um dia sem grandes sobressaltos ou comemorações gigantes, mas foi um dos melhores aniversários que tive.

Acho que em parte foi porque já estou mais crescidinha (e aqui não me refiro à idade).

Logo após a meia noite recebi o meu primeiro presente de aniversário e a primeira mensagem de parabéns: o primeiro do P* e a segunda de uma amiga p’ra lá de especial. Agradeci. E à noite, apenas com a família e com os amigos mais próximos, brindei.

Pelo meio ainda deu para uma jantarada de sushi! Eu não cheguei a casa a andar… mas sim a rebolar. 

 

 

Sobre aquilo das vidas darem blogues e coiso...

Quando leio esses blogs da ribalta, esses onde é tudo tão perfeito, tão harmonioso, tão cheio de felicidade e onde nunca há tempo com beliscões, onde a vida não prega rasteiras e flui com uma energia sempre boa, sempre positiva sempre tão tudo, desconfio.

E invejo um pouquinho confesso... a minha vida é cheia de altos e baixos. Há dias bons claro, mas também há dias terríveis. Há coisas e pessoas boas, muita felicidade nas pequenas coisas, mas também há desilusões, há rasteiras e coisas menos felizes (e ainda bem, são elas que me fazem crescer!), mas ali, naqueles blogues não... e ao lê-los, fico sempre a pensar, não naquelas vidas que deram (ou davam) blogues, mas sim, quantos blogs daqueles, de facto, dariam numa vida a sério!

 

 

Pág. 2/2