Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por cá...

Por cá...

E o que faz uma gaja que há uns dias atrás menciona que um dos seus objectivos era o armário-cápsula?!

Vai aos saldos! 

Ahahahaha

 

Pois é. Mas atenção que aqui a menina fez uma lista de coisas que andava a precisar (mesmo, entre tops de desporto, uma camisa para substituir a estragada e cenas que tais) e não se desviou da dita! Tudo em saldos e muito mais em conta que se comprasse noutra altura qualquer. Ah pois...

 

A camisa, por ser de ganga e de continuidade, não encontrei em saldos. Vai daí comprei na stradivarius por 19.90€. 

No dia seguinte acompanho a minha irmã à Primark onde vejo camisas giras, de ganga, a assentar bem aqui à jeitosa por 11€. Pois! Trouxe uma. 

E antes que ranhosem fiquem sabendo que a da Stradivarius será para devolver, uma vez que ainda tenho o talão de troca. Ahahahaha

 

E pronto, é isto.

Tá a correr bem, tá

 

Um dos objectivos para 2017

O do armário cápsula.

capsule2.jpg

 

 

Está na moda, logo não me encontro sozinha na demanda e a internet está cheia de posts sobre a coisa.

Um dos principios é viver apenas com 37 peças de roupa e não fazer compras durante os 3 meses de uma estação inteira. Aqui o homem lá de casa deve estar a bater palminhas de contentamento até com as narinas; se bem que pode parar por aqui porque eu não vou viver sem as minhas 3 leggins. Ah, mas essa não é a ideia e tu não és minimalista. Mas e seu eu efectivamente usar os 3 pares de leggins? 

Andei a pesquisar mais sobre o conceito e o que decidi foi mesmo fazer uma limpeza às peças que não uso pelas mais diversas razões - assim de repente lembro-me de 3 calças de alfaiataria em tons castanhos (?) que não uso, uma data de jeans e da minha camisa de ganga que está estragada. E dos 356 echarpes dos quais uso meia duzia e assim de repente me lembro de um ou outro do qual me posso mesmo desfazer (ahahahahahaha)

É que esta coisa do minimalismo é mesmo muito relativa na verdade, apesar de só ler por aí cenas assim muito fundamentalistas da coisa. E se há coisa que eu rejeito sempre são os fundamentalismos. Se eu tiver 3 pares de calças e só usar 2, então de facto eu tenho calças a mais, no entanto se tiver 10 pares e os usar a todos, não vejo porque tenha calças a mais, por isso abrir o roupeiro e escolher só 37 peças não me faz assim tanto sentido. E a bem da verdade, eu não faço ideia de quantas peças tenho no roupeiro.

E depois há as constantes mudanças de clima todos os dias. Se hoje está um frio siberiano, amanhã não é assim tão anormal que nos calhe um sol primaveril e lá vou eu ter que ir buscar as peças mais frescas que não contabilizei nas tais 37 da cápsula-coisa.

Posto isto, a ideia é mesmo numa primeira fase destralhar o armário e depois tentar usar o que tenho sem cair na tentação de fazer compras. Coisa que já tenho vindo a fazer um pouco, até porque sou pobre, lá está.

De qualquer forma, vou dando novidades sim?

 

c600x623.jpg

 

 

 

 

 

 

Arrumações, decisões, demissões e quejandos acabados em 'ões'

Um dos objectivos para o novo ano é arrumar o que não me interessa e me faz sentir mal.

 

E num dos empregos, o pagamento é certo, embora o dia do mesmo nunca o seja. E isto a mim parece-me toda uma total desconsideração para com quem tabalha. Até porque eu sou certa nos meus horários, podem contar comigo todos os fins de semana e para o que precisam, no entanto, para pagar as minhas contas eu nunca posso contar com o salário. Ora, se não é para contar com o salário, então fico e casa e não conto com nada mesmo! 

Todos os meses, quando ligo a saber do pagamento, sinto-me uma pedinte, o que é estupido, uma vez que trabalhei e ao pagarem-me não me estão a fazer favor nenhum! Mas é inevitável eu acabar por me sentir mal, melindrada e desvalorizada... Se a minha auto-estima nestes dias anda nas ruas escuras da amargura, isto tudo não me ajuda nada. Nadinha mesmo. (mentira, eu acho que na verdade nem auto-estima tenho, mas adiante...)

Este fim de semana terei a ultima conversa, mas desta feita é para me vir embora mesmo. Estou cansada, farta e ao fim de um ou dois meses nisto, acho que já é mesmo desconsideração total e absoluta, quer por mim, quer pelo meu trabalho.

 

 

Digam-me lá

... sou a unica que quando está a cozinhar e tempera algo com paprica, dá uma de Herman José a imitar a Filipa Vacondeus e com voz esganiçada vai dizendo: ''Páprica, muita páprica...'' enquanto se abana toda?! 

 

Sou não sou?

Pois... às vezes acho mesmo que o meu caso é grave!

2017

2017 por aqui começou mal. Muito mal diga-se já... mais valia ter ficado em 2016. 

E desenganem-se se digo isto à laia da desgraça tipica do Português, sempre anuncidada - como ainda hoje ouvi: ''Então e 2017, está a correr bem?'' ''Oh não, credo, a minha tia até partiu o pulso!'' Desgraças, desgraças!!

Não é o meu caso. 2017 começa com um encaixotar de sonhos, desmanchar projectos e sacudir os tapetes para me lançar por outro caminho. Começa também com uma perspectiva nova das muitas relações que mantenho, familiares e de amizade e que talvez também tenham que ser revistas. Parar de investir o meu tempo e os meus esforços em algo que pura e simplesmente não dá! Afagar a cara depois das bofetadas levadas, refazer agenda, trilhar novos objectivos e sobretudo, não me deixar cair.

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D