Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Eu tomo um chá de tília e isto já me passa...

Dos blogs que acompanho e dos posts que mais gosto de ler, são daqueles tão banais e tão terra-a-terra que nos identificamos logo com eles. Daqueles tão simples e quotidianamente banais que à medida que vamos lendo, vamos sorrindo e abanando a cabeça em jeito de concordância enquanto pensamos: 'Ya, é mesmo assim!'' ''Já passei por isto!'' ou qualquer coisa do género.

Daqueles em que a autora reclama do chato que estava em frente a ela na fila do supermercado. Da dificuldade que está a ser o mês, do cansaço, do tempo, das coisas que fez no fim de semana, do bolo que comeu...

Lembro-me de ter começado este blog quando comecei a trabalhar no meu antigo emprego e o pc da minha secretária tinha o sapo como homepage. Nessa altura, os blogs destacados estavam sempre lá. Comecei a ler quase diariamente alguns deles, acompanhei as aventuras da A no dia a dia na faculdade e tantas vezes me ri com os comentários que ela fazia sobre alguma situação que marcasse a actualidade. Lembro-me da M e dos seus filhotes, eram 2 e depois passaram a 3. Os blogs chamados de ''Moda e beleza'' eram terra-a-terra e falavam connosco sobre marcas e peças atingiveis para nós e davam dicas realmente uteis (oh as coisas que eu aprendi com O diário de uma fashionista por exemplo). A Elite acompanho-a desde essa altura, ainda ela estagiava em Paris, mudou de emprego, de namorados, de país...

E outros tantos blogs que se foram perdendo ou acabando... ou simplesmente mudaram.

Hoje, os/ as bloggers dão opiniões como se fossem o professor Marcelo, fotografam a salada de couscoz que comeram ao almoço como se fosse o piteu mais badalado de um chefe com 10 estrelas michelin. Todas usam as mesmas marcas, falam do mesmo produto, usam a mesma coisa da mesma maneira... Os blogs de dicas domésticas repetem-se e tantas vezes inventam dicas do arco da velha que dão mais trabalho pôr em prática do que ir logo ao assunto. Já para não falar da quantidade de listas e listinhas e folhas excel para tudo e mais alguma coisa. Os de culinária estão inundados de passatempos para ganhar farinhas e receitas patrocinadas sempre pelas mesmas marcas. Já ninguém conta sobre o pastel de nata maravilhoso que se comeu no bar da faculdade ou naquele cafezinho ao lado do emprego, porque todos comem brunches ao domingo de manhã.

Em grande parte, é um pouco por causa disso que poucos posts saem daqui. Porque eu acho que não tenho assim nada de muito interessante para contar. Os meus dias são demasiado banais para os pôr em post. Claro que eu uso maquilhagem, mas não é toda do Boticário que de repente toda a gente usa. Uso roupa da Zara claro, mas não é aquele vestido esvoaçante que custa os olhos da cara e que se vê em todos os blogs. E cozinho. Mas não uso knorr nem Bimby nem o novo ingrediente xpto. E limpo a casa, mas a swiffer ou a Villeda não me mandam mopas para experimentar e para contar como foi. Dizer que retirei o pó com um paninho de felpo e um óleo de cedro em spray do Pingo Doce não tornaria o meu post menos interessante, mas também é escusado. Quer dizer, no fundo a minha vida é igual à vossa, mas não sou paga para a contar aqui, nem vejo o que é que isso traria de interessante; além de que tirar uma foto a cada momento do meu dia, ia retirar-me tempo para o viver.

Sim, ando rabugenta eu sei... É do cansaço e das rotinas, eu não tomei um brunch este fim de semana, nem fui à Feira do livro e o mais apetitoso que comi foi um bife com batata e feijão (preto, claro), podia tê-lo fotografado, mas ocupei-me a saborea-lo em vez de lhe encontrar o ângulo certo.

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D