Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Há alguma coisa errada aqui...

 

E o que é? - Perguntam vocês??

 

 

Vá perguntem!

 

...

 

...

 

Ok, eu digo na mesma!

Acordei às 5 da matina porque andava um Sr. Estranho a passear em minha casa!

Pois, a minha irmã vem toda aflita ter ao meu leito:

 - Ângela, está gente em casa!

Aqui a Ângela ensonada responde:

 - Pois está! Eu, tu e o pai...

 - Não! Lá fora. Ouço passos e arrotos!! Ouvi o portão e os cães ladraram!

 - Arrotos??

 - Sim, tipo, vómitos e assim...

 

Bem, nesta altura eu já estava mais verde que ensonada e pensei logo que o meu papazito podia estar a sentir-se mal e estivesse lá fora a tentar chegar ao carro. Como ele é diabético, tem uns níveis de colesterol muito fora do recomendado e assim... fiquei logo precoupada!!

 

Toca levantar (sem acender a luz, até porque a minha fértil imaginação também se lembrou logo de ser outra pessoa com intenções um tanto aquém do politicamente correcto!) e fui ver se o meu pai estava na caminha!

Estava!

 

Ooops... Então, se não era o meu pai, nem eu nem a minha irmã, quem é que estava a debitar matéria orgânica - vulgo vómito - no meu pátio???  

 

 - Pai, tem calma, mas eu acho que há alguém lá fora...

Levantou-se logo e com a barriguita de fora e em cuecas dirigiu-se apressadamente em direcção ao local...

E lá estava um moço, com os seus 30 e poucos anos, perdido de bêbado sentadinho na minha soleira com uma poça considerável de vómito aos seus pés!!

 - O que é que o Sr, está a fazer aqui???

 - Eu moro aqui!!

 - Moras o car***! Quem mora aqui sou eu!! Mas quem és??

 - Sou o A.

 - Eu é que sei quem é o A. ou a pu** que p****! De onde és!!

 - Daqui!

 - Aiii... Ângela, vai buscar o telemóvel que eu vou chamar a polícia!!

 - A minha irmã (atrapalhada como é óbvio!): Tem calma pai, o Sr. não parece estar bem!

 - Então a polícia que chame os bombeiros ou a pu*a que os par**... Está é bêbado que nem uma carroça!!

 Aí o Sr. foi mais explicito quando disse que era marido da Ana Maria. O que para dizer a verdade na altura não nos serviu de muito porque nenhum de nós conhece a Ana Maria!

 

Até que eu me lembrei que a filha da Dona E. se tinha mudado para lá há pouco tempo! E pronto, essa era a Ana Maria! E lá foi o meu pai em cuecas, rua acima com o Sr. pela mão leva-lo a casa da Sogra!

 

E pronto, foi assim que conheci os meus novos vizinhos!!

 

13 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D