Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por cá...

Por cá...

Principiando...

... Não queria escrever este post, juro! E não queria porque este não é um post nem alegre nem traz boas novas... é só mais um post deprimente, tal como eu. E eu não quero estar sempre a queixar-me, não me quero deixar levar pela deprimência em que a minha vida se tornou, muito menos partilhá-la. Mas acredito mesmo que às vezes tudo isso é inevitável.

   Acabei por escrever este post por necessidade. Porque (mais uma vez) preciso de ordenar as minhas ideias. Sinto-me presa a uma vida que não quero. A um emprego que não quero. Moro há 11 anos numa casa que não quero, com gente que me faz acreditar que não me quer... 'Nada na minha vida bate certo' - é com este pensamento que eu acordo todos os dias de manhã. E eu decidi mudar tudo isso... aos poucos.

Comecei a procurar uma formação que queria muito fazer mas que na altura não me foi possível. Não é a minha licenciatura, mas é um começo. E depois,  para tirar a licenciatura, preciso de ganhar coragem. Se conseguir concretizar esta pequena formação técnica, com duração de 11 meses, se conseguir concilia-la com o meu emprego e com o meu (mísero) orçamento, talvez ganhe folego para seguir em frente...

E quem sabe esta formação não me trará novas oportunidades de emprego (até porque esse é um dos meus objectivos em relação à mesma!) e assim tudo se torne mais fácil?

E há mais um montão de coisas na minha vida que quero mudar... coisas que levarão seu tempo, coisas que não conseguirei à primeira, coisas que não irão ser como eu quero, outras tantas que terão que ser adiadas... E esta decisão não foi tomada hoje. Foi uma decisão que eu tomei há já algum tempo e que anunciei num post entre outro por este blog fora. Foi uma decisão provocada pela necessidade crescente que fui sentido em mudar-me e em mudar a minha vida, descartando assim que possível aquilo que não me faz bem, trocando-o por algo que me faça melhor e acrescentado aquilo que me faz mais feliz.

Mas eu conheço-me tão bem. Conheço a minha impaciência, as minhas fraquezas, a minha ansiedade, as minhas angustias. E sei que a vida nunca nos corre como planeamos,  por isso é que tenho necessidade de escrever estes posts.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D